Organização e Design
por Lívia Tavares


Um projeto bem elaborado cria uma organização que para  muitas pessoas é inconsciente. Há quem possa nomeá-lo bonito, chique, clean, e não há problemas nisso, afinal, há especialistas na área que são os detetores do saber do que foi proposto ali. E essa organização proporciona uma economia de tempo sim, porque um bom Designer  de Interiores tem a capacidade de posicionar os elementos que o ambiente precisa ter, de forma que fiquem no melhor e mais adequado lugar, vai te dizer o que cabe e o que não cabe, criar medidas, compor cores, escolher materiais e proporções ideais. Isso faz uma grande diferença em um ambiente.


Um alerta importante pra você que me lê é que tome cuidado com opiniões de terceiros. Contrate alguém que saiba o que precisa ser feito e conduza uma equipe que vai executar da melhor forma pra você e para seu orçamento.


Setorizar cozinhas é essencial porque vai conduzir o usuário á se movimentar menos e de forma mais eficaz dentro dela. Veja na imagem o que propus na cozinha da minha cliente LS.





Essas cores ilustram  as principais funções desse espaço, que são:

Preparo - aquele lugar onde se faz a salada, o pão caseiro, a massa, enfim, o que a família tem o hábito de comer.

Cocção, que é o cozinhar ou assar.

Higienização, que é onde a louça ou os alimentos também são lavados. 

Refeições, que não necessariamente precisa acontecer ali, mas que é muito comum.

Armazenagem (de alimentos e utensílios de cozinhas como louças, panelas, potes, etc).


Cada setor da cozinha precisa de um lugar eficiente pra que ela a seja funcional, e saiba que não é porque você acha uma cozinha bonita signifique que ela é prática, organizada e funcional.
E é isso que um bom projeto vai criar.


O Designer de Interiores sabe em que altura cada item deve ser guardado, onde é melhor que haja uma gaveta e não uma porta, que o tempo passa e não é todo mundo quer ficar investindo em armários sempre; que uma hora o joelho e as costas vão começar a começa a doer, prevendo uma construção que aproveite o investimento dos clientes. Mas, precisa perguntar ao cliente o que ele usa mais ou menos, captar o estilo que ele gosta e usar elementos que ele pede.

Então não se engane, porque planejar uma cozinha não é algo tão fácil como parece.

Quis dar um exemplo bem prático usando a cozinha acima ainda como exemplo.

Veja nessa imagem abaixo como a pessoa terá que dar voltas quando for usar a geladeira. Terá que ir pra esquerda pra poder abrir a porta e só poderá passar quando fechar. Pode parecer que não, mas nisso vai tempo. Fica uma movimentação desorganizada dentro da cozinha.







O que eu propus nesse projeto foi colocá-la no lado oposto. Veja como a movimentação dos usuários será diferente pois terão um apoio para colocar algo que querem tirar de dentro, está no sentido que favorece o preparo e de frente para quem chega á cozinha, criando uma “limpeza visual” no espaço. Deixa o ambiente mais acolhedor e visualmente mais espaçoso.








Os Gourmets estão cada dia mais em uso. Muita gente que transformar uma varanda ou um quintal num lugar onde possam preparar e receber pessoas em casa. E o mesmo conceito de cozinha deve ser utilizado num Gourmet. Posicionar bem a churrasqueira, o forno de pizza, a geladeira.

Veja que dei um exemplo apenas da geladeira. Os outros eletros e utensílios precisam estar bem posicionados para ter uma cozinha eficaz.

Sem contar a parte estética né. Escolher os revestimentos, criar uma espaço personalizado e único, afinal ficar copiando por aí  é cafona e  anti ético.

Entre em contato para agendar um horário de atendimento e se surpreenda com um projeto exclusivo para você.


Se quiser ler mais sobre Design, acesse meus outros posts.

Fique á vontade e navegue mais no meu site. Esse espaço é pra você!

Lívia Tavares