Vermelho
por Lívia Tavares

O vermelho é uma cor que representa muitas coisas. É a cor do amor e do ódio, do glamour e requinte, simboliza sentimentos intensos e é capaz de estimular o sistema nervoso, provocando reações físicas reais como o aumento da pressão sanguínea ou aceleração dos batimentos cardíacos, segundo Jenny Gibbs, autora do livro Design de Interiores, quando aborda o tema Psicologia da cor.


É a segunda cor que mais agrada homens e mulheres.


Falando em ambientes, por ser uma cor vibrante, precisa ser dosado para não provocar inquietação, nervosismo e confusões. Na sala e na cozinha, é capaz de estimular o apetite e também de deixar o ambiente mais convidativo.



Projeto Autoral






Fonte Google. Autoria não encontrada.



Chama a atenção, estimula compras por impulso, tem poder de convencimento, de criar uma necessidade de urgência e de imediatismo. Se bem usado num ambiente comercial, pode potencializar as estratégias de venda.





Projeto de André Brandão e Marcia Varizo



Um ponto muito importante que como profissional avalio, é iluminação num ambiente onde se empregará o vermelho. A temperatura da luz deve ser bem dosada afim de que não altere a percepção visual do ambiente.







Projeto da esquerda por Emmilia Cardoso. Imagem da direita fonte Google. Autoria não encontrada.



Essa regra e observação da luminosidade se emprega inclusive nas demais cores, seja um foco de luz natural ou artificial, é importante ser bem pensada pelo designer de Interiores com a assessoria de um Lighting Designer.





A ajuda profissional sempre o levará ao investimento mais acertivo nas reformas e modernizações do seu espaço.


Precisando, conte comigo.


Acompanhe o blog!